Consultor Jurídico

Vazadores da república

Corregedor do MPF atualiza PAD contra franquia lavajatista do Rio e pede pena de demissão

Retornar ao texto

Comentários de leitores

7 comentários

Perseguição

Serpico Viscardi (Professor)

É a boa e velha perseguição!

Ação penal é pública. Sigilo é exceção.

Todo o servidor público tem o dever de mostrar seu trabalho com transparência. O procurador não é diferente. Tem que prestar contas do que faz a sociedade.

É uma clara tentativa de intimidar os poucos que tentam combater a corrupção no Brasil.

É incrível o contorcionismo interpretativo que se faz para tentar prejudicar pessoas que só estão trabalhando. Claro objetivo de criminalizar a atividade acusatória.

CNMP é órgão político, todos os integrantes passam pelo crivo do Congresso. Por isso, servem aos políticos e não ao povo. Se transformou na maior arma de perseguição de corruptos contra membros do MP.

Só existem três tipos de pessoas que falam mal da lava-jato: 1) os corruptos; 2) os amigos/apoiadores de corruptos; 3) as pessoas que ganham dinheiro defendendo corruptos.

MPF e PF: Gratidão!

Neli (Procurador do Município)

Os operosos procuradores da República( e os policiais federais) cumprindo seus deveres funcionais, ousaram investigar e pedir punição contra quem teria cometido crime contra a Administração Pública e que teria desrespeitado princípios inseridos na Constituição Nacional.
O Brasil é o eterno subdesenvolvimento, porque muitos, colocam seus interesses pessoais acima de princípios Constitucionais e só descobrem que a Constituição existe quando são processados.
Os valorosos integrantes da Polícia Federal, Ministério Público Federal trabalharam em prol do Brasil.
A eles, gratidão.
Data vênia.

Banimento

José Ribas (Advogado da União)

Essa seria a melhor pena pros lavajatistas. Para o líder, uma mais grave seria adequada

Operação Retaliação

LeandroRoth (Oficial de Justiça)

Começou...

Todos aqueles que ousaram tocar nos intocáveis, serão defenestrados.

A corrupção e a impunidade são verdadeiras instituições neste país, e o servidor que ousar enfrentá-las, em vez de só carimbar papéis e usufruir do salário, que o faça por sua conta e risco.

Tá dado o recado.

Já vão tarde!

Um advogado de butuca (Advogado Assalariado - Administrativa)

Se forem realmente demitidos, já irão tarde, não por terem ousado tocar em intocáveis, mas por terem cometidos grave ilegalidade. Chega de querer justificar as ilegalidades lajavatistas!

A lei e só o que esta na lei!

Roberto Timóteo, advogado (Advogado Autônomo - Criminal)

Caro Oficial de Justiça, acredito que o senhor conheça o princípio da legalidade afeito à administração pública, quanto aos membros do MP tenho certeza que sim. Por este elementar princípio (stricto sensu), qualquer servidor público só pode fazer a lei determinar. Para além de falta administrativa gravíssima, a violação de sigilo se constitui, crime. Ora, se vigorava o sigilo judicial do procedimento e houve divulgação - pouco interessando quem nele (no procedimento) estava envolvido - comprovada a autoria, o(s) responsável(eis) tem que ser (dentro de uma razoabilidade, claro) punidos, simples assim.

Demorou

AP Advogado (Advogado Autônomo - Criminal)

Os paladinos da moralidade podem vazar documentos, informações, podem tudo e não devem sequer serem investigados num PAD? isso é combate à corrupção? Que opinião (deve ser respeitada, embora possa ser criticada) de um oficial de justiça.

Mas fique tranquilo caro oficial, quem vai julgá-los é o CNMP, o mesmo que prorrogou o julgamento do Deltan por 40 vezes dando ensejo à prescrição, prescrição esta tão rechaçada pelo mesmo procurador beneficiado (quando favorecia os outros, claro). Dois pesos e duas medidas.

Comentar

Comentários encerrados em 4/08/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.